Deixe Morrer

Hora dos nados-mortos, de Maria João Franco

O corpo cede
ao que a alma propõe
sem saber que o desejo não pode
ser maior que a vontade

Então me dizem: como vai?
E respondo:
morrendo.

Porque tudo continua sem fazer sentido se você não está aqui.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. felipe disse:

    e talvez, quando não houver mais nada pra morrer, a desejo passe.
    ( eu disse talvez. )

    =) gostei dos ultimos posts
    feist e leminski, duas coisas que me agradam!

    abraço cara,
    boa sorte!

  2. felipe disse:

    stop dying yourself.
    é uma coisa que eu tenho que me dizer todos os dias,
    pois, não é que eu esteja me matando. mas me deixar morrer é horrível!

    abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s