Rascunhos

O mundo precisa de poesia, constato

Então eu me esforço, rabisco algumas frases

Ensaio pobres rimas (que não vêm)

Procuro um apego, um afago

Vasculho

No meu universo, eu também preciso de poesia

Onde ela está? Em mim, no outro? Em quem?

Eu continuo sentindo, desafiando os códigos, em busca de poesia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s