Vinte e sete

Pinguei colírio nos olhos. Eu estava tranqüilo. O meu desejo era apenas deixar o sol queimar um pouco a pele, entrar no mar. E o dia estava lindo. Não, inquietantemente lindo. Frank Ocean me soava como um delicioso cruzamento entre Tunde Baiyewu e Seal e eu precisava sair de casa.

*

Quer mesmo saber? Nesta tarde ensolarada eu não dou a mínima para o que você acha, pro que seus filhos, seus pais, seus seguidores acham. Para o bem e para o mal, são apenas pessoas fazendo barulho e eu vivo num mundo de sons confortáveis, agora, lembra? High places, conforting sounds, isso te diz alguma coisa? Acho que não, mas não faz diferença mais. Estou me poupando do trabalho de ter que me importar com o que não é importante.

Eu não tenho muito na vida. Tenho um corpo saudável, uma cama alugada no coração do Rio de Janeiro: entre o centro da cidade e a Lapa. Negócios e prazer. Não é assim, exatamente assim, que as coisas devem ser, num mundo como o nosso? Algumas roupas, alguns objetos e alguma música. Família e amigos deixados para trás numa cidade de concreto. Vejo gente com cara de cu todos os dias. Às vezes sonho com um mundo onde não houvesse cara de cu. Ah, tudo bem, que façam cara de cu, dane-se. Somos todos uns merdinhas mesmo. Mas por que estou falando dessas coisas e não do lindo dia de sol fora do meu corpo? Mais um dia quente na primavera carioca, numa semana em que não pude esperar nada além do ordinário. Você se sente assim, também? Na primavera carioca, às sete da manhã o calor faz você derreter.

A cara dele era de assombro. Metade assombro e metade encanto. Eu olhei tão penetrantemente no olho dele que ele pôde me sentir. Ok, eu disse, e dois segundos depois já não lembrava mais do que falava. Que porra há com esse trânsito?

Tão irônico imaginar que no Rio de Janeiro não há um motel sequer. Pelo menos não com esse nome. Em Brasília temos um setor só pra eles. Quem diria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s